sábado, 18 de setembro de 2010

era um momento de silêncio
um silêncio de janela
um momento sem brechas.

momento sacana
vida sem pena
me tira de cena
no banco de espera.

evitei descabelar
pra os vizinhos não importunar
era o momento-despirocar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário